Diário da Crise 31/03/2016

Vontade de beijar os olhos de minha pátria
De niná-la, de passar-lhe a mão pelos cabelos…

Vinicius de Moraes. Pátria Minha.

pandora

Dum spiro, spero é um provérbio latino que significa “Enquanto eu respirar, terei esperança”.

Por vezes, observo que as notícias sobre a aparentemente infindável crise abatem o ânimo de muitos que me escrevem para compartilhar temores, desânimo e descrença. E a pergunta que faço, a estes, é: “seremos tão tolos a ponto de permitir que até a esperança nos seja tirada?”. Tenho comigo poucas certezas, mas uma delas é que jamais deve ser sufocada no peito a esperança na reconstrução do país, com mais ética, nobreza e honradez.leia mais

Diário da Crise 30/03/2016

 

The-Circus-by-Georges-Seurat
O Circo. Georges Seurat.

O Grande Circo Brasil apresenta seus melhores personagens:

  1. O pipoqueiro-animador – No restaurante privativo dos deputados, hoje, o líder do governo na Câmara, Silvio Costa, fez uma entrada esfuziante. Gabava-se, em altas vozes, de que a saída do PMDB havia sido positiva, pois outros partidos – como o PP e o PR – agora ocupariam as vagas e garantiriam mais votos contra o impeachment.  “O ônibus está lotado. Agora só tem lugar em pé. E já está saindo!”, bradava Costa. Um parlamentar perguntou “E este ônibus está indo para onde?”. “Para Curitiba!”, disse o deputado Daniel Coelho.
leia mais

Diário da Crise 29/03/2016

caesar
Morte de Julio Cesar. Vincenzo Camuccini.

“Por que motivo Bruto se levantou contra César? Eis minhas respostas: não foi por amar menos a César, mas por amar mais a Roma”.

William Shakespeare. Julio Cesar

  1. O PMDB levou apenas três minutos para sacramentar o rompimento dos 13 anos de união com o governo federal. Na moção de desembarque, o partido determinou a entrega de todos os cargos em cada uma das esferas da administração pública federal e ameaçou  tomar medidas contra os que permanecerem no governo. O ministro Mauro Lopes (Aviação Civil) deve deixar o governo no máximo até amanhã. Será seguido por Helder Barbalho (Portos) e  Eduardo Braga (Minas e Energia).
leia mais

Diário da Crise – 28/03/2016

 

  1. 1280px-THOMAS_COUTURE_-_Los_Romanos_de_la_Decadencia_(Museo_de_Orsay,_1847._Óleo_sobre_lienzo,_472_x_772_cm)
    Romanos durante a decadência. Thomas Couture.

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou hoje ao Supremo Tribunal Federal um parecer no qual opina que é legal a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. Entretanto, Janot observou que a atuação da presidente Dilma no episódio da nomeação poderia indicar “ocorrência de desvio de finalidade no ato” e pediu que as investigações sobre Lula sejam mantidas com o juiz Sérgio Moro. Ou seja: o procurador defendeu que, mesmo sendo ministro, Lula não tenha foro privilegiado. Leia mais no Estadão.

  2. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolou um novo pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef. 
leia mais

Diário da Crise 26/03/2016

the-seventh-seal-photo-3 (1)

Em O Sétimo Selo, o diretor sueco Ingmar Bergman explora o temor apocalíptico de que o mundo conhecido se desfaça de repente. Um cavaleiro joga xadrez com a morte, tentando retardar o inevitável, sem considerar que o mundo que ele tenta preservar já está se desfazendo, aos poucos sendo consumido pela peste e tragado pela cupidez de homens que se apresentam como detentores da verdade – homens que falam sobre os altos valores que não praticam. Charlatanismo e decadência atormentam esses seres desesperados, que castigam a terra e os outros homens com sua insensatez.

O inquietante filme de Bergman parece metáfora do Brasil atual, onde nuvens pesadas ensombrecem a magnífica paisagem e no qual os versos tonitroantes de Dies Irae (Dia da Ira) cobrem o ruído das ondas do mar.… leia mais

Diário da crise 24/03/2015

diario
Os Trapaceiros. Caravaggio.

O jogo político em Brasília se intensifica. Para nós, os espectadores da crise que não termina, a impressão que fica é que alguns jogadores ameaçam a lisura da partida com movimentos questionáveis.

Vamos às principais jogadas do dia:

  1. À medida que o processo de impeachment avança e influentes veículos de comunicação estrangeiros passaram a sugerir em editoriais a renúncia da presidente Dilma Rousseff, o governo começa a subir o tom e a abrir várias frentes de ataque. Agora Dilma e Lula falam abertamente em “golpe” e “ameaça à democracia” e as manifestações de apoio dos correligionários se multiplicam.
leia mais

Diário da Crise – 23/03/2016

Pieter_Bruegel_the_Elder_-_The_Tower_of_Babel_(Vienna)_-_Google_Art_Project_-_edited
A Torre de Babel. Pieter Bruegel, o velho.
  1.   Há chances reais de serem alvo de investigação no STF a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer, o ex-presidente Lula e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), além de outros políticos citados na delação premiada do senador Delcídio Amaral. Discretamente, a Procuradoria Geral da República (PGR) encaminhou 20 petições ao Supremo com citações de Dilma, Temer, Lula, Aécio e outros políticos. As petições antecedem o pedido de abertura de inquérito, no qual o relator da Lava-Jato no STF, ministro Teori Zavascki, decide se autoriza ou não as investigações das autoridades que têm foro privilegiado.
leia mais

Várzea

chikenSempre foi unanimidade no mundo político brasileiro: uma delação premiada de Marcelo Odebrecht & friends desencadearia a Operação Fim do Mundo em Brasília. Ontem, quando a empresa divulgou a nota anunciando que seus principais executivos entregariam o mega esquema de corrupção, foi possível ouvir a risada maligna de milhares de brasileiros sequiosos de uma boa vingança.

Sim, vingança. Nem me venham dizer que brasileiro é bonzinho. Brasileiro ferido é pior que mulher traída e muito mais diabólico que escorpiano aguardando o fim do enterro do desafeto para sambar sobre a sepultura do defunto. Somado ao nosso inegável talento para o escárnio e a uma vocação para o politicamente incorreto, somos imbatíveis na arte da desforra.… leia mais

Diário da Crise – 22/03/2016

cassiusSão escandalosas as informações que vieram a público na 26a fase da operação Lava Jato. Elas revelam um amplo e extremamente bem organizado sistema de pagamento de propina, cujos detalhes foram narrados pela secretária da Odebrecht, Maria Lúcia Tavares, presa na Operação Acarajé. Ela fez um acordo de delação premiada e explicou como funcionava o chamado Setor de Operações Estruturadas da empreiteira, criado exclusivamente para o pagamento de propinas. Maria Lúcia dispensou os advogados da Odebrecht e, por ter sido ameaçada, entrou para o Programa de Proteção à Testemunha.

Segundo a secretária, todos os pagamentos ilegais constavam de um sistema informatizado, MyWebDay, no qual altos executivos da Odebrecht eram os responsáveis por liberar os pagamentos ilícitos.… leia mais

Diário da Crise – 21/03/2016

a-famous-cause
Um caso famoso. Daumier.

O dia foi frenético na esfera jurídica. As novidades se sucederam em ritmo vertiginoso no STF, sem falar nas informações sobre novos áudios e documentos apreendidos e a estreia da Lava-Jato no cenário internacional

Eis as principais notícias de hoje:

  1. Por causa do feriado de Páscoa, o plenário do Supremo Tribunal Federal não se reunirá esta semana. Assim, a expectativa é que a corte demore a apreciar o caso do ex-presidente Lula, que teve a nomeação para a Casa Civil suspensa pelo ministro Gilmar Mendes na última sexta-feira (18). Na decisão, Mendes também devolveu para o juiz Sergio Moro o processo que envolve Lula na Operação Lava Jato.
leia mais