Diário da Crise – 21/10/2016 – Μήτις

athena
Athena. Museu do Louvre.

Em grego, Métis (Μήτις) significa “habilidades”. A antiga deusa da proteção e da astúcia foi escolhida pela Polícia Federal para dar nome à operação deflagrada hoje e que teve como alvo policiais legislativos do Senado acusados de interferir nas investigações da Lava Jato. Conhecer a história de Métis, primeira esposa de Zeus, ajuda a entender a escolha.

Na mitologia, Cronos era o rei dos titãs. Casou com a sua irmã Reia, que lhe deu seis filhos. Mas ele temia ser destronado e por isso engolia os filhos ao nascerem. Devorou-os todos, exceto Zeus. Este, ao crescer, vingou-se do pai.… leia mais

Juan

_ Tia, me compra uma sandália havaiana aí no supermercado?

O rosto oval sorri. Moreno, magrelo, cabelo duro de poeira. As roupas tem pequenos buracos.  Uma camiseta cinzenta, uma bermuda cor-de-burro-quando-foge. É um garoto bonito, de olhos vivazes e dentes branquinhos.

Puxo conversa.

_ Por que você está aqui pedindo?

_ Preciso de uma sandália para ir pra escola. 

_  Sabe que para gente como eu e você só tem uma chance, né? Estudar. Você está mesmo na escola?

_ Estou sim. 

Ele diz com orgulho o nome completo da escola, no Jardim Ingá, uma área pobre na periferia de Brasília.… leia mais

O abismo olha para nós

“Quem enfrenta monstros deve permanecer atento para não se tornar também um monstro. Se olhares demasiado tempo dentro de um abismo, o abismo acabará por olhar dentro de ti”. A frase de Nietzsche me vem à memória no exato instante em que leio sobre a agressão a Eduardo Cunha no aeroporto Santos Dumont.

É certo que estamos indignados pelos crimes deslavados, pela punição que parece tardar e pela sensação de que a justiça é mais leve para os que se aboletam nas castas superiores. A sucessiva onda de escândalos tem seu peso. Compreensível que tenhamos pressa. Queremos justiça. E queremos agora.… leia mais

A saga do castelo de Abrantes

greekAqui no castelo de Abrantes, lembro bem, vivíamos dias de cinzas, senhores.

Amordaçados andávamos. Queríamos a volta do irmão do Henfil e que a liberdade abrisse as asas sobre nós. Havia lutas várias – ocultas e abertas. Inicialmente pensei que todos tínhamos objetivos semelhantes. Ledo engano. A sua luta era para nos tirar da gaiola e pôr em outra, tão ruim quanto a anterior. Trocava apenas a cor da jaula.

Lembram-se, senhores, de Beth Mendes, José Eudes e Ayrton Soares? Eu lembro: depois de enchermos as ruas pedindo eleições diretas para a Presidência da República, fomos derrotados. Mas duas candidaturas foram apresentadas ao colégio eleitoral.… leia mais

Índia – Parte 7 – Darjeeling

Estamos no Dekeling Resort at Hawk’s Nest. Na sala, um levíssimo aroma de tabaco. Alguém fumara horas antes e deixara um rastro daquele perfume meio adocicado e muito agradável. O silêncio quase absoluto é interrompido, de vez em quando, pelo piar dos passarinhos e pelas risadas dos tibetanos na cozinha.

Pela janela, vejo o recorte azulado das montanhas do Himalaia, dos pinheiros e das coloridas bandeirinhas budistas.

Nosso hotel é pequeno. A sala de estar é como uma casinha: aconchegante, toda de madeira, cheia de livros, com cortinas floridas e móveis forrados de veludo vermelho-escuro, muitos mapas e fotos do Dalai Lama.… leia mais